Por que você precisa de um endereço de e-mail personalizado?
e-mail personalizado

Por que você precisa de um endereço de e-mail personalizado?

Se você é proprietário de uma pequena empresa com um site da sua marca, já possui um e-mail personalizado, presente nos canais de mídia social e um blog ativo, parabéns, você está fazendo o marketing digital certo.

Mas se você não estiver usando um endereço de e-mail personalizado mas um e-mail hospedado por empresas normalmente associadas a endereços pessoais (como o Gmail ou o Yahoo), você está fazendo errado.

Esse pequeno detalhe, mas crucial, por não usar um e-mail personalizado prejudica as empresas de maneiras que seus proprietários talvez não reconheçam.

Para elucidar a importância de usar um e-mail personalizado relato cinco razões importantes pelas quais você precisa de um endereço de e-mail personalizado da sua empresa.

Tenha e-mail personalizado para parecer profissional

Assim como você não compareceria a uma reunião importante vestindo bermuda e camiseta, você não deve representar sua empresa com endereço de e-mail grátis.

Um endereço de e-mail profissional também gera confiança e credibilidade e em clientes em potencial. Sua empresa ganha vida própria quando tem seu próprio e-mail – é mais do que apenas você, é uma organização em que a responsabilidade pelas informações de um cliente é trocada por um produto ou serviço.

Finalmente, até esse ponto, se você está tentando projetar uma imagem maior e mais corporativa (em oposição à realidade potencial de apenas ser você em sua cozinha, por enquanto), um endereço de e-mail profissional é um bom ponto de partida.

E-mail personalizado ajuda a impulsionar sua marca

Ter um endereço de e-mail personalizada da sua empresa, de alguma maneira, poderá ser parte da sua estratégia de marketing digital.

Por um lado, simplesmente ter um e-mail comercial é uma maneira importante e fácil de manter a sua empresa como prioridade para os clientes. O nome da sua empresa, e não o nome de outra empresa (como o Gmail), deve estar presente quando você distribuir um cartão ou fizer uma conexão.

Além disso, quando se trata de e-mail marketing, você vai querer enviar seus boletins de notícias a partir de um endereço de e-mail de marca.

Mais de 80% dos profissionais dizem que o email marketing impulsiona a aquisição e a retenção de clientes – não o Facebook ou anúncios impressos, mas mensagens diretamente para as caixas de entrada de email. É mais provável que você veja pessoas abrindo suas mensagens e respondendo a elas se elas vierem do endereço da empresa, e não do seu endereço pessoal.

Tem melhor custo benefício.

Para possuir um e-mail não é preciso investir muito dinheiro. Você precisa de um servidor para hospedar seu endereço virtual e assim adquirir seu e-mail.

Claro, é grátis abrir uma conta do Gmail e chamá-la de ” NameOfYourBusiness@gmail.com “. Mas só porque algo é gratuito não significa que você deva usá-la.

O uso de um endereço de e-mail com marca comercial não é necessariamente gratuito, mas geralmente é próximo a ele. Se você já comprou um nome de domínio, o endereço de e-mail comercial provavelmente será incluído no custo.

A Divulggare tem planos para hospedagem de seu domínio. Confira nossos valores aqui.

Total controle enquanto você cresce.

É um pouco compreensível se você pensou que, porque seu negócio era apenas você, que não há problema em usar seu endereço de e-mail pessoal para negócios.

Mas o que acontece quando você começa a crescer e traz os funcionários a bordo? Você vai dar acesso ao seu e-mail pessoal?

Dar endereços comerciais aos funcionários permite manter a correspondência e mantê-la em funcionamento se um deles deixar a empresa. Se eles saem com toda a sua correspondência sob seu e-mail pessoal, você está sem sorte. Em vez disso, defina todos os emails que o endereço recebe para encaminhar para a sua substituição; ou faça com que os funcionários usem um endereço geral como “contato@seunegocio.com.br ” para que você possa manter o mesmo endereço ativo.

Se você criar uma maneira padronizada de atribuir novos endereços a novos funcionários, como “ nomesobrenome@seunegocio.com.br ”, será mais fácil para as pessoas encontrarem e se corresponderem com a pessoa certa, reduzindo a quantidade de tempo necessária. para encaminhar e-mails ou fazer conexões.
Pode ajudar suas chances de obter crédito

De acordo com a Small Business Administration , uma das maneiras que os credores avaliam a credibilidade de uma empresa que procura um empréstimo é olhando para o seu endereço de e-mail. Ter um domínio “real” ajudará a convencer os credores de que você é um negócio “real” com um sistema de comunicação organizado.

Ter e usar seu endereço comercial em correspondência com os credores irá percorrer um longo caminho para cimentar suas chances de conseguir o empréstimo que você precisa para expandir seus negócios e alcançar seus objetivos.

Em um mundo perfeito, não seríamos julgados por nossas aparências, apenas pela qualidade do trabalho que produzimos. Mas nós vivemos em um mundo superficial. E, felizmente, é fácil colocar uma camiseta legal e bons sapatos, ou começar a usar um endereço de e-mail profissional para realizar negócios. Esse pequeno passo pode ajudar você a ter sucesso.

Ser um bom líder

Ser um bom líder é fundamental hoje em dia

Ser um bom líder gera resultado aos negócios

Ser um bom líder é algo essencial hoje em dia. Isso não quer dizer que o líder precisa ser o puxa saco, o famoso queridinho da empresa. Muito menos ser aquele cara mandão. Ser um bom líder é conquistar sua equipe de trabalho. Dessa forma você conquistará sua liderança e os funcionários irão te respeitar.

Para sair na frente de um mercado totalmente competitivo, a presença que se mostra fundamental é a do líder. Veja algumas dicas que preparamos para você se tornar um bom líder.

Ser um bom líder é gostar do que faz

Como toda profissão, para ser ter sucesso é necessário gostar do que faz. E para ser um bom líder não é diferente. O líder de sucesso é guiado pela paixão. Isso fará que ele realize suas ações com prazer. Seus subordinados acreditarão no projeto. Se isso não ocorre, não haverá inspiração e entusiasmo.

Seja sincero

É fundamental ser um profissional em que as pessoas confiem. Ser sincero e ter ética são essenciais. Também é relevante demonstrar maturidade, com base em experiências passadas e teóricas, pois a busca pela melhoria e reciclagem deve ser contínua.

Saiba ouvir

Uma boa comunicação é fundamental. Um dos grandes erros dos “chefes” é não deixar claro para a equipe os caminhos tomados. É preciso saber se posicionar, fazer reuniões e convencer.

Além disso, o líder sabe que deve ouvir os liderados e ter uma troca saudável de ideias. Tudo isso mostrará que você não é perfeito e busca aprender com todos.

Busque inovar

Estar à frente é, muitas vezes, não ter medo de arriscar. Ser um bom líder é ter boas estratégias. É fundamental que se tenha audácia e posicionamento de opinião. Também é preciso assumir responsabilidade e culpas.

Não perca o foco

É preciso estar pronto para mudar de rota sem perder o foco, conduzindo sua equipe nas mudanças do mercado. Um grande problema das lideranças pode ser o ego, que leva a uma perda de controle.

Cuidado com autoconhecimento e autocontrole são fundamentais, pois se deve saber os próprios limites e a hora de se retirar para que não prejudique o projeto.

Você conhece um bom líder?

 

Marketing Hotel Pousada

Marketing digital hoteleiro é essencial para os negócios

Marketing digital hoteleiro para o consumidor 3.0

Marketing digital hoteleiro é o que mais cresce atualmente. Sabe por quê? Porque o perfil do consumidor mudou. Atualmente é chamado como consumidor 3.0. E isso vale para o turismo também.

O acesso a informação e preços são mais fáceis e transparentes do que nunca, principalmente aos hotéis. Os turistas  pesquisam constantemente sobre o seu destino, meio de hospedagem, entre outros detalhes. Sem contar que ainda fazem comparações com outros estabelecimentos para obter mais informações. Tudo isso antes de fechar o negócio.

Ao analisar alguns pontos essenciais dentro do marketing digital, separamos algumas dicas que podem ajudar você a dar um “UP” na sua marca.

Marketing digital hoteleiro requer fortalecer sua marca

Para realizar um bom marketing digital do seu hotel é necessário que seja criada uma forte marca da sua empresa. Ou seja, um bom Branding. Isso mesmo, criar estratégias para tornar sua marca reconhecida de maneira positiva.

Tornar seu hotel desejado e reconhecido por muitos turistas. No entanto, tudo isso vai depender de quais estratégias está usando.

Marketing digital hoteleiro e sua presença na internet

Não tem como ficar de fora dessa rede mundial. Sabe como estar presente nela com seu hotel? Crie um site e um blog. O seu site é o seu hotel online. Através dele que seu potencial hóspede vai conhecer seu negócio.

Nós indicamos fazer um site responsivo, ou seja, fazer um site adaptável a todos os formatos de tela. Desta forma qualquer pessoa poderá acessá-lo, até com um smartphone.

Em seu site coloque informações necessárias como boas vindas, institucional, serviços oferecidos, entre outros. Além disso use fotos de qualidade e descreva os ambientes do seu hotel.

Já no blog você vai poder explorar temas relacionados aos seus potenciais hóspedes e que podem fazer com que eles tomem conhecimento do seu negócio.

Marketing de Conteúdo na era digital

Essa é uma estratégia em forte crescimento no mundo do marketing digital. Ele consiste na produção de conteúdos relevantes que potencializam a relação entre empresas e clientes ao entregar valor e gerar uma percepção positiva, resultando em maiores oportunidades de negócio.

No seu blog, você pode usar conteúdos relevantes para o seu público. Tudo vai depender de sua criatividade e do seu tempo. E use todas as ferramentas que a internet possa oferecer.

Use as redes sociais

Pensar em uma estratégia de divulgação online sem o investimento em redes sociais é quase impossível. A população mundial está presente na rede, seja pelo facebook, instagram ou twitter.

O segredo do marketing para redes sociais é estar presente naquelas redes que o seu hóspede em potencial está.

Email marketing é uma boa ferramenta

Quando falamos em personalizar produtos e serviços, nada melhor que usar o email marketing. As campanhas de e-mail marketing tornam-se numa ferramenta muito útil e importante.

Nele é possível construir uma relação mais próxima com seus clientes. Tudo vai depender da sua necessidade.

Caso queira entender mais sobre marketing digital de resultados e tirar suas dúvidas, entre em contato com a equipe da Divulggare gratuitamente.

 

Chatbots: Atendimento inteligente aos clientes

A realidade do nosso presente com os chatbots

Aos que acompanham as novidades da internet já deve ter ouvido falar de inteligência artificial e sua relação com os chatbots. Se falássemos disso há alguns anos atrás ninguém acreditaria. Eles representam uma grande evolução na relação entre pessoas, marcas e tecnologia.

No entanto, com o passar do tempo está se tornando cada vez mais real e presente na vida do chamado consumidor 3.0.

Com os clientes cada vez mais exigentes, a utilização da tecnologia tem sido a salvação para aqueles que desejam potencializar seus resultados e oferecer uma experiência diferenciada aos seus consumidores. Mas vamos entender um pouco mais sobre esse assunto.

O que são os chatbots?

Os chatbots são programas de computador que respondem mensagens de usuários baseados em regras ou Inteligência Artificial. Por oferecer uma assistência diferenciada — com interatividade e uma linguagem bastante natural —, os chatbots podem surpreender pela qualidade na prestação dos serviços e também pelo atendimento personalizado.

Tem por objetivo responder as perguntas das pessoas tenham a impressão de estar conversando com outra pessoa e não com um programa de computador.

No Brasil, podemos citar o uso de chatbot, conhecido como o “Poupinha”, responsável pelo agendamento de serviços pelo site do Poupa Tempo.

Após o envio de perguntas em linguagem natural, o programa consulta uma base de conhecimento e em seguida fornece uma resposta que tenta imitar o comportamento humano. Caso o usuário escreva algo que não foi previsto, o chatbot pede desculpas e diz que não entende aquele comando.

Como eles funcionam

Os chatbots são Baseados em regras ou em inteligência artificial. No modelo de regras, eles funcionam através de comandos específicos (ou palavras-chave). Geralmente eles obedecem fluxos de navegação bem definidos. Para que funcionem bem, precisam deixar isso claro para o interlocutor e direcionar a conversa.

Já pela inteligência artificial (IA) os chatbots podem utilizar diversos métodos, algoritmos, técnicas e integrações que tornam o software “inteligente”.

Desta forma, os chatbots permitem que o consumidor tenha acesso a um atendimento personalizado e eficiente. Isso mostra a grande realidade e do crescimento desta ferramenta no mundo digital.

Realidade do mundo digital

No mundo de hoje, milhões de pessoas usam o Facebook, WhastApp e o Messenger. Desta forma mostra que o uso de chatbot é a realidade do mundo digital.

Isso prova de forma clara que as pessoas preferem digitar a falar. O que torna o atendimento cada vez mais facilitado.

Mas, lembre-se:  a tecnologia evolui cada vez mais, no entanto, do outro lado do chat/ligação está um humano.

Entregar a ele um atendimento mais humanizado fará toda a diferença e nisso os chatbots podem ser os parceiros ideais. Enquanto eles realizam as tarefas operacionais, a equipe tem tempo para entregar ao cliente o que ele realmente quer. E você já teve alguma experiência com os chatbots?

 

investimento-marketing

A importância de pesquisar antes de qualquer investimento

Saiba qual a melhor opção de investimento

Com o final do ano se aproximando, vem a necessidade de fazer investimento. Empreendedores já começam a pensar em quais ações podem ser realizadas, sejam elas para aumentar suas vendas ou serviços.

Especialistas alertam que pesquisas de mercado são importantíssimas para saber qual o melhor investimento a ser feito nas estratégias de marketing.

Vale lembrar que essas pesquisas devem estar dentro do plano de negócios da sua empresa. Desta forma você saberá realizar as melhores estratégias de marketing ao seu mercado.

Qual é o momento ideal para planejar?

O planejamento estratégico é um momento de reflexão, de discussão, avaliação e direcionamento dos rumos do negócio. Por isso, esse período que abrange de dezembro a fevereiro é o mais indicado para fazer um “checkup” da companhia e determinar metas para o ano que está por vir.

No planejamento estratégico são avaliados os pontos fortes e fracos da empresa, a concorrência, as oportunidades de negócio, as lições aprendidas, etc. Depois de fazer estas avaliações, o planejamento deve se desdobrar em planos de ação e projetos práticos.

Ou seja, deve-se definir o que será feito, quando, por quem e com quais custos. É aí que o final do ano e o início do novo ano são as melhores datas para que o corpo executivo faça o planejamento estratégico ajuda na hora de fazer investimento.

Marketing tradicional e Novo Marketing

O novo versus o tradicional. De uma maneira mais simples, essas são as diferenças entre Inbound Marketing e Outbound Marketing.  Ambos são modelos que apresentam focos diferentes dentro do marketing.

No Outbound pode-se dizer que é uma forma de publicidade, quer seja em uma fachada nova, em um jornal local, anúncio de rádio, panfletos na rua e vizinhança, cartões de visitas, esse é o papel do marketing tradicional.

Já no Inbound, considerado como o novo marketing é para aqueles que querem marcar presença mais forte na internet. Sejam elas em sites de buscas, redes sociais. Desta forma é possível atrair e fidelizar clientes, despertando o interesse deles para o que sua empresa oferece buscas, oferecendo serviços ou produtos.

A ideia é ir atrás do cliente ativamente e não necessariamente gerar o interesse genuíno desse possível cliente na sua empresa.

Coloque tudo no papel

Ao lembrar qual a missão, os valores e a visão da empresa, comece colocando tudo no papel. Reúna a equipe executiva para refletir, discutir as lições aprendidas, dar ideias, etc.

Reforce sua importância no mercado, desde a ideação até o plano final, tudo deve ser documentado.

Coloque em prática

Agora vem a parte mais difícil: colocar esse planejamento estratégico em planos de ação para cada departamento da empresa. E é nesse ponto que o pensamento sistêmico entra em ação.

É imprescindível refletir que a relevância do planejamento estratégico não vem do grau de controle ou supervisão, ou do nível de instrução detalhada que inclui, mas das decisões que ele representa.

Agora com essas dicas básicas, você sabe sobre a importância de pesquisar antes de fazer qualquer investimento.

 

líderes de alta performance

6 Dicas para uma gestão de vendas de alta performance

Tenha uma equipe de vendas de alta performance na sua empresa

Muitas empresas estão aproveitando para treinar suas equipes e formar times de vendas de alta performance. Essa é a principal ação que a empresa precisa realizar para ter sucesso e reconhecimento no mercado.

Ter uma equipe de vendas de alta performance cria o senso de responsabilidade. Garante o comprometimento de cada colaborador.

Ou seja, faz ele crescer e se fortalecer individualmente, para que o grupo se consolide e obtenha os melhores resultados dentro da empresa.

Saiba as seis dicas para uma ter uma gestão de vendas de alta performance!

Seja um bom Líder

Se você quer uma equipe de alta performance, seja um gestor de alta performance. Por mais que tenha um espírito de liderança, para ter uma gestão eficaz é necessário aprimorar e melhorar suas características de líder.

Desta forma conseguirá trilhar o caminho da motivação para sua equipe de vendas.

Assim, o líder é capaz de impulsionar seus colaboradores a darem tudo de si para conquistarem seus objetivos. No entanto, para conseguir essa confiança, é necessário conhecer sua equipe.

Conheça sua equipe

Conhecer sua equipe vai além de saber apenas os nomes dos membros. Cada pessoa da equipe tem uma maneira de trabalhar, tem pontos fortes e outros que precisam melhorar. Saber sobre esses detalhes facilita na hora de distribuir tarefas e também incentiva o aperfeiçoamento profissional.

Invista na Equipe

Para ter uma equipe de alta performance bem sucedida é necessário investir em sua equipe com treinamento. Para equipe de vendas é necessário que os colaboradores envolvidos aprimorem suas técnicas de persuasão, negociação e contorno de objeções.

Participar de palestras, leituras e dinâmicas em vendas também ajudam no aprendizado da equipe.

Ao agir desta forma seus colaboradores agregam valores ao seu serviço e produtos oferecidos aos clientes da melhor forma possível até a finalização da compra. Agora já é possível definir suas metas para aumentar as vendas mesmo em tempo de crise.

Tenha Metas

Manter a equipe estimulada a trabalhar em uma mesma direção só é possível através de metas. Porém, nem sempre é fácil. Para defini-las é preciso conhecer as limitações de cada colaborador.

Para uma gestão de vendas de alta performance é preciso ter metas possíveis, dentro da realidade da empresa, para que a equipe não se desmotive com  o tempo. Ou seja, mantenha todos bem motivados.

Motive sua equipe

Após estabelecer metas de acordo com o perfil de cada colaborador, é vital deixá-los informados de qual caminho devem tomar e garantir que todos estejam no mesmo caminho. Sua equipe de alta performance de vendas já está pronta para trazer resultados incríveis.

No entanto, ter essa situação duradoura não é tão fácil. A equipe precisa estar sempre motivada.

Um bom gestor deve estar atento a isso.  O Líder deve cumprir um papel de mentor e buscar sempre o aperfeiçoamento de todos para garantir a motivação. Dessa forma, fica mais fácil trabalharem em um objetivo comum, compartilhar os mesmos valores e ter a mesma visão de equipe.

Mantenha sua equipe de alta performance alinhada

Manter uma equipe de alta performance de vendas é necessário que o time esteja bem alinhado.

Reuniões periódicas são essenciais para que todos estejam cientes do andamento do trabalho e atingimento de metas, e para promover a troca de ideias.

A lealdade e a confiança são conquistas, e não imposições. A responsabilidade final do resultado é sua. Lembre-se que você é a inspiração da sua equipe.

 

Plano de negócios

A importância do plano de negócios para sua empresa

O plano de negócios auxilia empreendedores de qualquer segmento

Fazer um plano de negócios é passar para o papel de forma organizada todas as ideias sobre sua empresa ou futura empresa.

Às vezes é muito fácil querer se tornar um empreendedor, surgem diversas ideias em nossa cabeça e logo queremos colocá-las em prática.

No entanto, nem sempre é fácil. Na vida temos que traçar metas e fazer planos para conquistar nossos objetivos.

No empreendedorismo não é muito diferente, temos que ter um mapa que nos oriente a chegar ao objetivo desejado.

O plano de negócios irá conter informações mais detalhadas sobre os riscos de montar um negócio.

Grau de incerteza, perfil de clientes, características de mercado, precificação, comportamento dos concorrentes e assim responder uma grande questão, “será que vale a vale a pena abrir, manter ou ampliar o negócio?”

O Sebrae pode ajudar na construção de um plano de negócio.

Um mapa para chegar ao objetivo desejado

Como um mapa para chegar ao objetivo desejado, o plano de negócios é uma ferramenta para o próprio empreendedor.

Ele funciona como um roteiro das coisas a fazer, com uma lista de todos os acidentes de percurso, os desvios e os atalhos, além das pessoas e dos recursos que podem servir de guia no caminho.

Argumentos simples para um empreendedor nem cogitar em deixar o plano de negócios de lado.

Linha Mestra

O plano de negócios serve como uma linha mestra, assegurando de forma eficiente que todos os envolvidos no projeto compartilhem as mesmas visões e os objetivos para o negócio.

Dessa forma facilita na orientação em como todos devem trabalhar e desenvolver o crescimento da empresa.

Com o plano de negócios em mãos, fica mais fácil ver se todos envolvidos na empresa estão se enquadrando em seguir o que está escrito no papel.

Você pode baixar aqui uma ferramenta que o Sebrae de Minas Gerais desenvolveu para ajudar os empreendedores na construção do seu plano de negócio.

Visão de Futuro

Chegar ao objetivo traçado é uma das principais características do plano de negócios. Ter esse documento escrito com todas as ideias, questões levantadas, cronogramas de metas e vendas, o empreendedor poderá pensar nas estratégias de marketing ao longo prazo para empresa.

Desta forma o plano de negócios se torna uma ferramenta importantíssima para o empreendedor acompanhar o progresso da empresa. Aqui você ler um artigo que ajuda a elaborar seu plano.

Faça a diferença

O plano de negócio realmente faz a diferença para descrever o que a empresa faz ou não. Além disso, é uma forma de refletir sobre o próprio negócio, ter informações necessárias para repassar a investidores, empregados e consumidores.

Ao seguir seu plano de negócios, o empreendedor será capaz listar suas diferenças em relação aos concorrentes e como montará suas estratégias de marketing digital, fazendo assim toda a diferença no mercado.

 

Terceirização do marketing digital

10 benefícios da terceirização do marketing digital

Terceirização de marketing digital é tendência de mercado

A terceirização do marketing digital pelas empresas deixou de ser um luxo e passou a ser uma necessidade, afinal, mostrar que sua empresa existe e o que ela pode oferecer ao seu público-alvo é essencial para gerar mais negócios.

E, quando você está administrando um pequeno negócio, o “tempo” é algo muito precioso. E marketing pode tomar grande parte de seu tempo.

O marketing on-line é um conjunto de ações e pode atender diversas demandas, como produção de sites, blog, conteúdo, práticas de SEO, campanhas de e-mail marketing, compra de tráfego e análise de métricas. E, para que tudo isso atinja os resultados de forma correta e eficiente, é importante ter um grande conhecimento nessa área para que o seu investimento tenha um bom retorno.

Mas, você já considerou pagar alguém para fazer as tarefas de marketing? Quando falo alguém, falo em uma equipe capacitada e especializada no assunto.

Com a forte tendência em ter uma boa presença digital no mercado, a terceirização do marketing digital tem se tornado uma estratégia inteligente para as empresas que buscam melhores resultados na internet.

Desde o desenvolvimento de sites até a produção de conteúdo, cada profissional deve ser especializado na sua área a fim de prestar um serviço com excelência. Justamente por essa diversidade de profissionais, nem todas as empresas podem ou querem ter uma equipe completa, pois os custos envolvidos são bastante altos.

Sendo assim, a terceirização do marketing digital é a solução mais adequada para a empresa garantir uma presença online correta, sem aumentar as despesas de pessoal.

Por essas razões, selecionamos 10 motivos que mostram o valor da terceirização de marketing digital para a sua empresa. Acompanhe!

 1.   Otimize seu tempo com a terceirização do marketing digital

Ao fazer a terceirização do marketing digital você economiza tempo e não fica preso a detalhes do dia-a-dia das em campanhas de marketing, redes sociais, criação de conteúdo, etc. Isso, consequentemente, te dará mais tempo para se concentrar na gestão da empresa, em fluir novas ideias de negócio, nas vendas e em suas metas de faturamento.

Essa estratégia de terceirização do marketing digital permite que você não fique sobrecarregado, deixando as tarefas para uma equipe especializada e pronta para cuidar do setor. Isso deixa você e sua equipe livre para trabalhar no que você faz de melhor: o seu principal negócio.

2. Procure sempre o serviço de um profissional para terceirizar o marketing digital

Mesmo que você tente fazer todas as ações do marketing digital sozinho, uma hora não conseguirá realizá-las com qualidade, porque as tarefas vão aumentar cada vez mais. Esse aumento te obrigará a gastar mais partes do seu tempo contratando e treinando novos colaboradores, além no aumento da folha de pagamento.

Por esse motivo a terceirização do marketing digital é tão popular. É uma das melhores maneiras de fornecer qualidade na execução do processo e na entrega de resultados, além de, consequentemente, maior agilidade no lançamento de campanhas, permitindo que você realmente estabeleça um padrão no que diz respeito à frequência, entrega e aprovação.

Tudo isso é ótimo para a empresa, já que a equipe terceirizada oferecerá resultados muito positivos, com o menor custo.

3. Ganhe uma nova perspectiva do seu negócio observando pelo lado de fora

Quando você trabalha com um profissional de marketing terceirizado, você se beneficia de uma nova perspectiva. Consultores de marketing online entendem como atrair e converter os compradores para o seu negócio e eles podem lhe oferecer informações valiosas sobre novos ângulos de marketing e proposta única de venda, que você pode ter perdido.

4. Impulsione sua especialidade se utilizando da terceirização do marketing digital

Quando você trabalha com um fornecedor terceirizado, você está obtendo uma equipe especializada em marketing. E eles têm, não só a experiência, mas os recursos certos para obter resultados mais eficazes através de segmentação e pesquisa analítica, ou seja, uma pesquisa de mercado (para descobrir o seu público-alvo).

Você também será capaz de se beneficiar das comparações de referências para os concorrentes, e medir o sucesso de sua empresa de marketing sem ter que investir tempo e recursos em um estudo mais extenso de mercado.

5. Tenha acesso às tecnologias especializadas e sempre atualizadas

Sua empresa pode usar uma variedade de plataformas e tecnologias para diferentes funções, mas, quando você faz a terceirização do marketing digital você trabalhará com profissionais que utilizam a mais recente tecnologia de ponta para o marketing, análise, automação, e muito mais.

E o melhor é que ela sabe as ferramentas e tecnologias certas que você precisa, o que o ajudará a usá-las com sucesso. Ou seja, você entrega seu marketing nas mãos de quem conhece e tem a melhor opção.

No mercado digital, as ferramentas e os métodos sofrem atualizações em uma velocidade muito agressiva, a ponto de ser possível ficar desatualizado caso não se utilize durante um ou dois meses algumas das plataformas de mídia online.

Algumas dessas ferramentas, inclusive, possuem alto valor de aquisição, sendo necessário que a agência dilua esses custos nos trabalhos desenvolvidos para seus clientes, o que não é possível quando se opera campanhas online por conta própria.

Outro fator que encarece esse trabalho quando é feito por conta própria é manter uma equipe interna de especialista em marketing digital, além do custo alto, você acaba sacrificando uma equipe que poderia gerar vendas para o seu negócio. Pense no custo de atualização tecnológica de cada um deles e o quanto eles poderiam ser aproveitados caso estivessem se especializado naquilo que sua empresa vende, o que é gratuito para você.

Com uma agência de marketing digital, o seu negócio estará sempre atualizado com as últimas tendências, o que é um grande diferencial competitivo em relação aos seus concorrentes!

Acesse esse material criado pela Abradi-SP para saber escolher uma agência de qualidade: Baixe aqui o documento de avaliação

6. Aumente sua flexibilidade e agilidade

Quando surge uma oportunidade de marketing, sua empresa está preparada para tirar proveito dela o mais rápido possível? Tempo é uma questão que pesa muito a favor da terceirização. Isso porque as agências especializadas, depois de serem contratadas, estarão dedicadas somente na execução daquilo que foi firmado no contrato.

Dessa maneira, os resultados passam a ser entregues com mais qualidade e em um prazo mais curto, tempo que dificilmente você e sua equipe conseguiriam cumprir se fossem responsáveis pelas mesmas tarefas, já que têm outras coisas para fazer no mesmo período.

7. Reduza estresse e aumente a produtividade

Empresários e pequenas empresas muitas vezes não têm os recursos para se dedicar totalmente em marketing interno. Isso faz com que o peso do marketing caia sobre você como dono do negócio, ou empregados que estão trabalhando em outras tarefas e ao mesmo tempo em iniciativas de marketing. As coisas podem ficar estressantes – particularmente quando algumas de suas campanhas de marketing online são ineficazes.

Trabalhando a terceirização do marketing digital, você pode reduzir drasticamente todo o seu trabalho de marketing e de sua toda equipe. Quando você é livre para se concentrar em seu negócio principal, todos irão ser mais felizes e mais produtivos.

8. Faça mais com custo baixo

Muitos ainda acreditam que a terceirização do marketing digital é muito cara. Na verdade, basta fazer uma comparação do quanto será investido nos serviços a serem executados e o quanto seria gasto para montar uma equipe interna que desse conta de toda sua demanda.

Há de se levar em conta que, se fosse para montar seu próprio time, seriam necessários gastos com contratações, impostos, treinamentos e em ferramentas de suporte. Isso sem contar os riscos de faltas, licenças e demissões.

Com a terceirização do marketing digital, você estará livre de tudo isso, tendo apenas um único valor a ser investido, além de ser uma solução que gera um bom custo-benefício. Você passa a ter uma qualidade superior na entrega dos serviços e isso trará um impacto positivo não só para o seu trabalho ou suas finanças, mas também na experiência dos consumidores com a sua empresa.

9. Economize dinheiro com a terceirização do marketing digital

É verdade que você tem que pagar pela terceirização do marketing digital. No entanto, muitas vezes você economize mais do que você investe reduzindo suas despesas de pessoal (incluindo espaço, salário, recrutamento e treinamento), software especializado, e outros custos gerais que uma empresa deve ter.

Além disso, você vai se beneficiar com os custos fixos da terceirização do marketing digital. Com a maioria dos provedores de terceiros, você vai ter uma despesa previsível e recorrente que simplifica o seu orçamento e ajuda a se proteger contra gastos inesperados de dinheiro e recursos.

10. Facilite o rápido crescimento

Quando sua empresa está se expandindo rapidamente, o seu crescimento pode ser retardado ou até mesmo estagnado se você tiver que fazer o recrutamento para trazer mão de obra suficiente para lidar com o aumento dos negócios.

Você também pode acabar apressando o processo de contratação e contratar profissionais não qualificados, o que pode atrasá-lo ainda mais.

A terceirização do marketing digital permite que você adicione rapidamente profissionais qualificados para a sua equipe de marketing, não que o seu time não seja especializado, mas o apoio de uma agência ou empresa que terceirize o marketing digital acrescenta uma qualidade enorme ao seu trabalho.

Essas organizações respiram as estratégias de marketing online, contam com profissionais gabaritados e possuem acesso às melhores ferramentas para entregar o que delas se espera.

Conclusão

O que mais merece ser destacado é a capacidade dessas empresas especializadas se atualizarem. Como o marketing digital é bastante dinâmico, as terceirizadas são focadas somente nesse segmento, elas estão mais preparadas para trabalharem como novas metodologias e tecnologias.

E então, gostou dessas dicas? Clique aqui para falar conosco. Queremos ser seu parceiro e a sua equipe especializada de marketing digital.

Quer uma avaliação grátis de um especialista? Confira aqui.

vender mais na crise

Como vender mais durante a crise com as nossas dicas

Dicas incríveis de como vender mais e aumentar a lucratividade durante a crise

Como vender mais é, sem dúvida, o maior desafio de toda empresa, principalmente as de pequeno e médio porte.

E um dos desafios do departamento marketing e vendas de toda empresa é trabalhar para alavancar o crescimento, aumentar as vendas, a lucratividade e etc.

Não há nenhum tipo de negócio que não dependa de vendas, então nada melhor do que conhecer as nossas dicas de vendas que farão você melhorar os lucros da sua empresa e, consequentemente, ganhar mais dinheiro.

Não importa se você é o patrão ou apenas um vendedor comum. Vendedores vivem de comissão e vender mais sempre é o objetivo principal, não é mesmo? Então confira as nossas dicas de vendas.

Tenha uma meta definida e conheça seu funil de vendas

A maioria das empresas estipula uma meta de vendas no início do mês para que você atinja as expectativas da empresa. Na maioria, existe até mesmo uma bonificação para quem alcança esta meta.

Se a sua empresa não estipula uma meta, você deve ter em mente que estipular uma própria é fundamental para vender mais e atingir seus objetivos.

Para alcançar o sucesso você também precisa ter conhecimento de como funciona o seu funil de venda. É dessa forma que você mensura a evolução dos resultados e traça novas linhas de trabalho, caso não esteja funcionando de acordo com o esperado.

Para ajudar a sua empresa fazer um diagnóstico da sua situação atual e conhecer o passo a passo de um funil de vendas, clique aqui.

Acompanhe sempre suas metas para alcançar bons resultados.

Faça sua empresa vender mais com o Marketing Digital

Uma das maiores vantagens de investir na presença online é que a sua empresa pode começar mesmo com um baixo orçamento e o retorno pode ser altíssimo.

As estratégias online são sempre mais baratas quando comparadas a veículos tradicionais (mídia impressa, rádio e TV, por exemplo), e se você realmente investir em boas estratégias o retorno sobre o investimento (ROI) será bem positivo.

Para você saber como vender mais pela internet e alavancar as vendas da sua empresa, é preciso ter em mente que seu site precisa estar bem estruturado e com conteúdo relevante.

Por isso, investir em um trabalho de otimização de websites é de suma importância pois, além de ser um cartão postal online que te ajudará a vender mais pela internet, esse trabalho fará com que seu site seja bem reconhecido e bem ranqueado nos mecanismos de busca, bem por exemplo o Google.

Além disso, será preciso que você aposte em algumas estratégias de SEO (Search Engine Optimization) que, nada mais são, do que alguns macetes na programação do site que farão com que ele apareça nas primeiras páginas das pesquisas sobre os produtos ou termos que você anuncia no seu site.

Outro fator que deve levar em conta são os investimentos em mídias pagas. Ela é uma grande companheira de quem está começando na web ou para quem precisa lançar um novo produto no mercado. Atualmente o mais usado é o Google Adwords, porém existem outros como o Bing Ads, Yahoo Advertising, entre outros.

As redes sociais não devem ser esquecidas, o aumento da popularidade das redes sociais, principalmente Facebook e Instagram e Linkedin, faz com que a interação entre pessoas e empresas seja cada vez mais frequente.

Ter presença nas redes sociais significa estar onde o seu público-alvo está. E, quanto mais visto pelas pessoas que se interessam pelo que você oferece, mais rápido o seu negócio vai crescer.

As redes sociais são também um forte canal de interação, isso se deve à facilidade em que se pode entrar em contato e ser notificado quando há uma resposta.

Para que você saiba como vender mais pela internet, procure por uma empresa especializada, como a Divulggare.

Ela será responsável por desenvolver as estratégias de Marketing Digital da melhor maneira possível, a fim de encontrar novos clientes e te ajudar a vender mais pela internet.

Você pode vender mais sendo autoridade do seu segmento

A produção de conteúdo é um dos pilares que sustenta o Marketing Digital e deve ser o principal foco de quem quer usar a internet como uma ferramenta para aumentar as vendas.

Os conteúdos de qualidade são os grandes responsáveis por aumentar a relevância do seu site nos buscadores, principalmente o Google. Isso significa que mais pessoas vão encontrar sua empresa mais facilmente e te ajudará a vender mais. Conforme a pesquisa consumidor digital 2017 da Conversion, publicado na Promark, 78% dos brasileiros usam a pesquisa do google para comprar e 79% dos leads não concluem a compra por falta de informação e má nutrição dos consumidores, segundo dados da Marketingsherp.com.

Essa estratégia de Inbound Marketing têm sido cada vez mais discutidas e estudadas no mercado brasileiro — e, de fato, se mostrado um excelente potencializador de resultados.

Quando você entende o que o seu cliente busca, você gera valor, conquista o consumidor, e se torna uma autoridade no seu nicho de mercado, além de criar um ativo para a sua marca.

Além disso, o conteúdo tem o poder de engajar a sua audiência, fazendo com que a sua publicação tenha um alcance mais amplo, e, consequentemente, mais vendas.

Ou seja, esse conteúdo vai continuar gerando visitas espontâneas para o seu site, mesmo tempos depois de ter sido publicado.

Quando falamos conteúdo, não focamos apenas em textos. Podemos utilizar, por exemplo: vídeos, para educar o potencial cliente e prepará-lo para a compra como para relacionamento com a base de clientes.

Dicas em vídeo, animações, webinars, treinamentos online e outros formatos audiovisuais são excelentes formas de conteúdo para gerar valor para sua audiência.

A audiência qualificada vai ajudar você a construir um posicionamento e se tornar uma autoridade.

E quando você é relevante o suficiente para ser uma autoridade, sua marca se destaca da concorrência.

Observe sempre os resultados de suas ações

Se você decide anunciar em um outdoor, por mais atenção que a sua publicidade tenha chamado jamais poderá dizer precisamente quantas pessoas foram impactadas pelo anúncio, muito menos quantas vendas ele gerou.

No Marketing Digital, a história é bem diferente.

A capacidade de mensurar dados e medir o alcance das suas campanhas é um dos grandes trunfos que você tem na manga ao investir em mídias digitais, pois isso é o que vai ajudar a mapear a jornada de compra do seu consumidor e ainda fazer testes para corrigir erros no meio de uma campanha.

Nos vídeos, por exemplo, podemos medir, por exemplo, qual o tempo médio de visualização de cada vídeo, a taxa de abandono dos vídeos, quantos cliques os links nos vídeos tiveram, quantos Leads foram gerados a partir desses vídeos e muitos outros dados.

Outra vantagem disso é que, uma vez mapeado o que funciona e descartado o que não teve bom desempenho, você tem em mãos um método de vendas poderosíssimo, replicável e adaptável às suas próximas campanhas.

Há muitos meios de medir e entender como anda seu crescimento no meio digital. O mais usado é o Google Analytics que disponibiliza uma poderosa ferramenta gratuita para mensurar a saúde do seu site.

Conheça muito bem o produto ou serviço que está vendendo

Não tem nada mais desagradável do que perguntar algo sobre um produto ou serviço que queria comprar ao vendedor e ele não saber te responder. Ou, pior ainda, começar a enrolar e criar uma situação ainda mais desagradável.

Por isso, não importa se você é vendedor ou é proprietário da empresa.

A função do vendedor é sempre passar confiança e segurança para o comprador e para isso ele deve saber tudo sobre os produtos e serviços que vende.

Lógico que é normal que não saiba alguma coisa sobre um produto ou serviço que é menos vendido, mas para isso existe sempre a postura profissional de pedir ao cliente um momento e perguntar a quem saiba, sem demonstrar insegurança.

Uma boa tática para mostrar seus conhecimentos ao cliente para entusiasmar a venda é oferecer uma demonstração do produto, mostre ao cliente como o produto funciona. Ligue na tomada e faça o que for possível. No caso de produtos que não funcionam desta forma, ofereça amostras grátis.

Lembre-se que cada pessoa tem um nível de conhecimento diferente sobre um produto. Tente encontrar um nível adequado para que a pessoa entenda sobre o que você está vendendo e possa fazer a compra.

O cliente fica mais confiante sobre a eficiência do que está interessado e mesmo que não decida comprar naquele momento, as chances dele voltar e vocês fecharem a venda são maiores.

Para vender mais, você precisa de equipe de vendas treinada

Um dos maiores erros cometidos por vendedores, principalmente os mais antigos, é achar que já sabem de tudo e não precisam de preparação. Sempre haverá um produto novo, um método novo de pagamento, um serviço diferente ou alguma coisa com a qual tenha que se adaptar.

Por isso, esteja sempre atualizado com o mercado de trabalho, pesquise, estude. Sempre haverá uma novidade diferente no segmento ou no setor que trabalha.

Acompanhar notícias importantes na internet e as publicações voltadas ao ramo que trabalha darão mais suporte para as vendas, aumentando suas chances de conquistar bons números.

A internet sempre proporciona dicas que podem ajudar a fechar aquela venda tão esperada.

Mantenha um bom relacionamento com seu cliente

Cumprimentar um grande cliente todas as vezes que o vê e até adicioná-lo nas redes sociais quando se trata de vendas pela internet, é uma forma de tornar-se um amigo da pessoa e transmitir cada vez mais confiança e segurança.

Quando você fala olhando nos olhos e mantém um bom relacionamento com o cliente, você passa uma sensação de que a pessoa pode confiar no que está dizendo e as chances de aceitar a sua oferta são muito maiores.

Atitudes deste tipo levarão a pessoa a comprar com você sempre que voltar à sua empresa, além de deixá-la muito mais à vontade nas próximas compras.

Plano de Negócio

3 passos para elaborar um plano de negócio

Plano de negócio é fundamental para qualquer empreendimento.

Assim como para construir uma casa, organizar uma festa e viajar é necessário fazer um cuidadoso planejamento. E quando queremos abrir um negócio não é diferente. Empreender, muitas vezes, é embarcar em uma viagem para um lugar desconhecido.

Por isso, é muito importante elaborar um plano de negócio, onde você transforma ideias em um documento, mostrando como atingir estrategicamente cada ponto importante do futuro negócio. Esse processo aumenta bastante suas chances de sucesso.

Para organizar as ideias é necessário usar o plano de negócio. Nesta viagem ao mundo dos empreendedores, ele será o seu mapa de percurso. O plano irá orientá-lo na busca de informações sobre o ramo, os produtos e serviços a serem oferecidos, bem como fazer um estudo de mercado, potencial do mercado, possíveis clientes, concorrentes, conhecer os principais fornecedores do setor, taxa de crescimento, tendências, previsão de vendas, aspectos financeiros e operacionais e, principalmente, sobre os pontos fortes e fracos do negócio, contribuindo assim para a identificação da viabilidade da ideia e na gestão da empresa.

O que é um Plano de Negócio?

O plano de negócios é uma ferramenta que permite observar a real situação do mercado para o produto ou serviço que você pretende negociar e que de fato será o grande diferencial do sucesso ou do fracasso do negócio.

Para que serve um Plano de Negócio?

Deve-se criar um plano de negócio ao iniciar um empreendimento ou expandir uma empresa em funcionamento. Ele deve ser usado para acompanhar as mudanças do ambiente empresarial e ambiente externo (governo, demografia, etc.) com o objetivo de proteger de ameaças e explorar as oportunidades.

Verifique se sua ideia é uma oportunidade de negócio

Antes de elaborar um Plano de Negócio, analise se a sua ideia é uma oportunidade de negócio. Observe qual o tamanho do mercado para o produto ou serviço, se é grande ou está em rápido crescimento e se o tamanho é suficiente para atender suas expectativas quanto à futura empresa. Veja quais as margens de lucro que podem ser obtidas neste mercado, se há pessoas suficientes para comprar este produto ou serviço e se consegue entrar no mercado com preços competitivos.

Se a maioria das respostas forem positivas a sua ideia é uma grande oportunidade de negócio. Por outro lado, se as respostas não forem satisfatórias, talvez seja melhor partir para uma outra ideia.

Além dos dados principais do meu negócio, o que mais devo avaliar no Plano de Negócio?

Além da ideia principal, no plano de negócio deve conter outros planejamentos como o plano de marketing, que cuida da análise de mercado, estabelecimento de preços, localização, lançamento do negócio no mercado, etc., o plano operacional que dirá como a empresa funcionará alocando recursos materiais, pessoas e dinheiro. E, o plano financeiro que tratará de todos os números do negócio como previsão de vendas, custos, ponto em que o negócio não gera lucro nem prejuízo, lucro ou prejuízo esperado, etc.

Não há uma regra para fazer um plano de negócio, mas com o objetivo de ganhar tempo e pela praticidade é recomendado que se inicie pela análise de mercado, que determinará o quanto atraente é a ideia de negócio que você deseja avaliar.

Veja um exemplo abaixo:

1 – Análise de Mercado

O mercado é quem dita às regras. De nada adianta ter um excelente produto com preço atraente se não houver pessoas suficientes interessadas em comprá-lo. Nesta etapa você deverá descobrir:

  • O tamanho do mercado e se o mesmo encontra se em expansão, estagnado ou retração;
  • Quem são os principais concorrentes e quais são seus pontos fortes e fracos?
  • Como eles reagirão à entrada de um novo concorrente;
  • Quem é o cliente para este produto ou serviço? Onde ele mora? Quanto ganha? Tamanho da família? Como chegar até estes clientes, quais os canais utilizados?
  • Como o cliente toma suas decisões para comprar este tipo de produto ou serviço?
  • Qual a importância da localização para seu negócio?
  • Quanto o cliente está disposto a pagar por este produto ou serviço?
  • Quais os principais fornecedores deste mercado? Quais condições de pagamento, compras mínimas, prazo de entrega?

2- Plano Operacional

O plano operacional é onde você descobre quais são as estratégias necessárias para conseguir se destacar no segmento em que pretende entrar e define a quantidade de pessoal, máquinas e equipamentos, o conhecimento necessário para operar o negócio, a infraestrutura necessária para a empresa e todos os processos.

Apesar de muitos destes procedimentos serem definidos depois do negócio em funcionamento, no dia a dia, mesmo assim, é preciso ter capacidade de discernir o que é mais importante para o negócio e concentrar as energias nestes procedimentos durante a elaboração do seu plano de negócio.

3- Plano Financeiro

Nesta etapa você tem uma previsão de todos os números do futuro negócio, como faturamento bruto, previsão de custos fixos, custos variáveis, ponto de equilíbrio, previsão de investimento inicial, necessidade de estoques, valor da folha de pagamentos e encargos sociais, impostos, etc.

Dicas importantes para elaborar um Plano de Negócio

Seja honesto com você, quanto mais informações de qualidade maior será a semelhança do seu plano com a realidade. Tenha o plano sempre em mãos, não basta elaborar um plano de negócio é preciso segui-lo. Atualize seu o plano de negócio sempre que algo no ambiente empresarial e macro mudar, seja um concorrente, o preço do dólar ou a aprovação de uma nova lei que possa interferir no negócio.

Simule diferentes cenários, um pessimista, um normal e outro otimista, assim você estará preparado para enfrentar as diversidades do mercado.

Aceite diferenças entre o que foi planejado e o que de fato ocorrer. Embora você tenha feito todo o planejamento, certamente a situação real será diferente do planejado, de qualquer maneira é o melhor que você pode fazer.

Solicite uma segunda opinião, após ter elaborado todo seu plano de negócio.

Ao final, o plano de negócio ajudará a responder se vale a pena abrir, manter ou ampliar o negócio. Lembre-se de que a preparação de um plano de negócio é um grande desafio, pois exige persistência, comprometimento, pesquisa, trabalho duro e muita criatividade.

Fonte: Sebrae

BACK TO TOP