Atrair clientes no facebook, veja 5 dicas
Atrair clientes

Atrair clientes no facebook, veja 5 dicas

Atrair clientes no facebook nem sempre é fácil

Atrair clientes no facebook, ter diversos seguidores e likes é o que todas as empresas querem. Isso porque facilita a visualização e interação com seu público. Hoje em dia, dois bilhões de pessoas no mundo inteiro usam o Facebook mensalmente. Suas ferramentas estão sempre em constantes mudanças.

Dentre os avanços dessa rede, há ferramentas avançadas de seleção de públicos. Desta forma é possível direcionar para as pessoas ideais para o seu negócio. Usando o que você conhece sobre seus clientes, como dados demográficos, interesses e comportamento.

Com essas dicas é possível se conectar com pessoas semelhantes a eles. Ou seja, que morem próximos, tenham gostos parecidos e até comportamentos iguais. Separamos algumas dicas para você entender mais sobre esse assunto.  Há 5 opções para escolher seu público no Facebook.

Atrair clientes através da localização

É isso mesmo. Atrair clientes por meio da sua localização é possível sim. Seja no prédio ao lado ou do outro lado do mundo, encontre pessoas nas cidades, nas comunidades e nos países em que deseja expandir seus negócios.

Dados demográficos

Também é permitido encontrar pessoas através de dados demográficos. Escolha um público baseado em idade, gênero, educação, status de relacionamento, cargo e outros. Desta maneira fica mais fácil atrair clientes através da rede.

Interesses

Como já vimos, o facebook abre um leque de opções para atrairmos mais pessoas ao nosso negócio. Escolha os interesses e hobbies das pessoas que deseja alcançar, de alimentos orgânicos a filmes de ação.

Comportamento

Selecione as pessoas com base no comportamento de consumo, no uso de dispositivos e em outras atividades. Por exemplo, se você representa uma tabacaria, pode direcionar para pessoas que compraram esse produto recentemente.

Conexões

Alcance pessoas que estão conectadas com sua Página, aplicativo ou evento do Facebook, ou exclua-as para encontrar novos públicos. Por exemplo, se deseja novas Curtidas na Página, você pode excluir as pessoas que já curtem a sua Página.

E aí, o que achou dessas dicas?

Como definir seu público

Como definir seu público por localização no facebook

Como definir seu público por localização, saiba usar esta ferramenta

Como definir seu público no facebook? Essa é uma pergunta que muitos fazem na hora de impulsionar uma publicação.

O direcionamento por localização permite que você direcione os anúncios para as pessoas com base no local. Para a maioria dos objetivos, é possível você direcionar as pessoas por um país, região ou cidade.

Este artigo explica as opções de direcionamento por localização e como utilizá-las.

Como definir seu público é essencial

Como definir seu público pode parecer difícil no começo, mas não é. Esse fator é essencial para alavancar sua empresa através de um anúncio. Conhecer o seu público com base nas pessoas mais interessadas no seu negócio é um dos primeiros passos. Isso já vai ajudar bastante. Confira as opções de público em uma localização.

Todos nesta localização (padrão)

Esta opção permite definir seu público com um direcionamento para as pessoas que se encontram atualmente em uma área ou cidade específica. Isso inclui as pessoas que atualizaram a cidade atual no perfil do Facebook, assim como qualquer pessoa determinada como estando nesse local, com base nas informações de conexão e do dispositivo. Você pode desejar anunciar eventos esportivos de alto padrão ou grandes exposições, por exemplo, para todos em uma localização.

Pessoas que moram por perto

Isso inclui as pessoas que residirem em uma área dentro da localização que você escolher. Isso é determinado pela cidade informada no perfil do Facebook e é também validado com base nas informações do dispositivo e da conexão.

Talvez você queira anunciar um hospital ou uma academia local, por exemplo, para as pessoas que moram em uma determinada localização. Tudo isso favorece seu negócio ao definir seu público.

Pessoas que visitaram recentemente esta localização

Conforme determinado pelas informações de conexão e dispositivo coletadas, você estará direcionando para as pessoas cujo local mais recente estiver dentro da área selecionada, Isso inclui as pessoas que moram no local ou que podem estar viajando por lá.

Talvez você queira anunciar vendas durante um período, por exemplo, para as pessoas estiveram recentemente em uma localização que você escolher.

Pessoas viajando por esta localização

Pessoas que estiverem viajando pela área selecionada, também pode ser seu alvo. Você pode determinar pelas informações de dispositivo e conexão coletadas, e que estiverem a mais de 100 km da cidade em que vivem. Talvez você queira anunciar o aluguel de carros, por exemplo, para as pessoas que estão viajando na localização.

O que achou deste artigo?

marketing no facebook para empresa

3 dicas básicas de Marketing no facebook para empresa

Marketing no facebook para empresa alavanca seu negócio

Marketing no facebook para empresa é o canal perfeito para se fazer marketing digital e obter resultados. Essa é a rede que mais cresce no mundo, com milhões de acessos todos os dias.

Muitas empresas se dedicam em fazer desta ferramenta seu maior canal de marketing. Por isso é importante conhecer algumas dicas para ajudar na divulgação do seu negócio.

Alguns profissionais tentam trabalhar por conta própria e acabam dificultando seu negócio. Para que isso não aconteça, separamos três dicas para ajudar você a ter sucesso no marketing no facebook para empresa.

Crie uma página

Já falamos sobre isso em outro artigo e voltamos a falar, tenha uma página no facebook. Parece algo tão simples, mas muitos acabam usando páginas pessoas para divulgar sua empresa ou negócio.

Isso é um erro! Sua estratégia de marketing não vai dar certo. Um perfil no facebook tem recursos limitados e é voltado para uso pessoal. Então já comece por aí, troque seu perfil por uma página.

Informações da sua página

Quando falamos de marketing no facebook, todo detalhe faz uma grande diferença. É importante completar as informações a respeito do seu negócio em sua página, principalmente na seção “Sobre”.

Esta seção oferece espaço para apresentar informações de grande relevância e valor para o seu público.

Informações de contato, apresentação de produtos e serviços; horário de funcionamento da empresa entre outros não podem faltar.

Também é possível fazer uma breve descrição que ajude os visitantes a entender melhor o que a empresa faz, bem como a visão e os valores que defende.

Fotos de perfil e capa

Já ouviu algum dia alguém dizer, “a primeira impressão é a que fica”? Pois bem, assim funciona para aqueles que visitam o perfil da sua empresa no facebook.

As fotos de perfil e capa são os elementos que vão chamar mais a atenção dos visitantes. Por isso é primordial tomar muito cuidado. Suas fotos não podem estar estouradas ou com péssimas qualidades.

Além disso, lembre-se de usar seu logo como foto de perfil e uma imagem de capa que possa ter as cores da sua marca e até mesmo que transmita uma mensagem sobre seu diferencial.

Ambas precisam estar em harmonia. Uma dica é procurar mudar suas imagens de capa, isso dará ao seu público uma característica de renovação e valorização de seu negócio.

 

Você gostou dessas dicas?

5 funções para impulsionar

5 funções para impulsionar no facebook

5 funções para impulsionar seu post

Milhões de pessoas estão conectadas, curtindo, compartilhando e até fazendo vídeos. Isso mostra o poder dessa rede de comunicação. Separamos 5 funções  para impulsionar seu post que você precisa entender melhor para conseguir conquistar o resultado esperado.

Muitos falam sobre impulsionar uma publicação no facebook, mas é importante entender funções básicas. Nesse post separamos essas funções para você entender mais sobre a rede que mais cresce no mundo.

5 Funções básicas que o facebook oferece

Escolher um público-alvo: posts impulsionados podem ser mostrados para uma audiência de sua escolha. É possível definir localização, interesses e mais. Você também pode criar uma audiência customizada, baseada em contatos que já tem, ou pessoas que têm um perfil parecido com aquelas que já curtem sua página.

Localizações: o Facebook oferece três localizações para seus posts impulsionados serem mostrados: feed de notícias do desktop, feed de dispositivos móveis e Instagram.

Orçamento: a quantidade paga para impulsionar um post depende de quanto você quer pagar. Pode-se selecionar um orçamento pré-definido ou customizar o valor. Posts impulsionados requerem um mínimo de R$3,00 por dia.

Programar posts: há a possibilidade de definir por quanto tempo você quer que seu anúncio fique no ar, escolhendo um intervalo (7 dias, por exemplo) ou uma data para o anúncio terminar.

Aparência do anúncio: o anúncio terá exatamente a mesma aparência que a publicação em que foi baseado. A única diferença é que a palavra “Impulsionado” aparecerá no canto superior esquerdo do post e você poderá adicionar um botão de Call-to-Action no canto inferior direito, se desejar.

Marketing de qualidade

A popularidade do facebook torna rede um canal de divulgação para empresas e profissionais autônomos que desejam iniciar uma estratégia de marketing digital.

Por outro lado, fazer isso sem qualquer ajuda resulta em um trabalho de divulgação incompleto. Sem saber usar todas as estratégias e ferramentas dessa rede, seu investimento se torna um prejuízo. Por isso consulte uma empresa que tenha referência em marketing de resultados.

impulsionar uma publicação

Impulsionar uma publicação no Facebook vale a pena?

Impulsionar uma publicação no facebook é necessário

Impulsionar uma publicação na rede faz toda a diferença. O facebook vem se tornando uma ótima ferramenta para o seu negócio. Hoje em dia, milhões de pessoas usam as redes sociais, principalmente pelo facebook,  seja com seu perfil pessoal ou com a sua fanpage. As fanpages ou páginas empresariais recebem constantemente em seus feeds a seguinte pergunta: Que tal impulsioná-la por apenas R$ 3?

Se você tem uma fanpage no Facebook, é provável que já tenha visto uma oferta desse tipo. Mas, por mais simples que seja impulsionar um post na rede social, será que esse é o melhor formato de anúncio para sua empresa?

Impulsionar uma publicação  

O Facebook tem diminuído cada vez mais o alcance orgânico de posts na rede social e essa pode ser uma maneira de as empresas gerarem resultados.

Impulsionar publicações é a maneira mais simples de fazer anúncios do Facebook.

Lançada em 2012, foi uma maneira de descomplicar os anúncios na rede social para os empresários, já que na época o Facebook servia bem mais para relacionamentos do que para marketing.

A ideia do impulsionamento é mostrar uma determinada publicação a um público que você definiu, aumentando o seu alcance.

Boas possibilidades

Impulsionar uma publicação pode ajudar você a encontrar mais pessoas que curtam, compartilhem e comentem nas suas publicações.

Posts impulsionados também são uma forma de alcançar pessoas que podem estar interessadas em seu conteúdo, mas que não o seguem no Facebook.

O post impulsionado pode conter um Call-to-Action para levar as pessoas a tomar outras ações, como se inscrever em uma newsletter, fazer uma reserva, dentre outros.

Vale a pena impulsionar uma publicação

Impulsionar uma publicação é algo que divide opiniões de quem investe em Marketing Digital. De um lado, ficam os que defendem o impulsionamento como uma forma simples de criar anúncios; de outro, quem acredita que existem formas mais efetivas de anunciar no Facebook.

Como falamos em outro post, os algoritmos do facebook estão mudando. Está quase impossível ser alcançado de forma orgânica (sem pagar).

Por isso, ao impulsionar uma publicação, torna-se uma forma simples de impactar seus seguidores, fazendo com que vejam seus conteúdos.

Você anuncia no facebook?

Facebook: A melhor ferramenta para anunciar seu negócio

Alcance as pessoas certas através das redes sociais

O Facebook é a principal rede social do Brasil, EUA, Canadá e outros países.  E quando falamos de marketing digital, não podemos esquecer-nos do potencial que essa rede social tem. Com isso mostrando os melhores resultados para seu negócio com a gestão e o monitoramento das campanhas no Facebook.

Com a publicidade digital, você alcança as pessoas certas, com a mensagem certa e na hora certa. Nos dias atuais não há mais a necessidade que as pessoas assistam ao seu espaço de 30 segundos entre os comerciais de TV ou encontrem o seu anúncio nas páginas de uma publicação local. Tudo isso gera centenas de curtidores engajados e pode ser mais interessante para sua empresa. Saiba um pouco mais.

Facebook Ads

Facebook Ads são os anúncios do Facebook. Esses anúncios são mensagens pagas por empresas com contexto social. É importante definir um objetivo antes de iniciar um anúncio.

Com esta ferramente você pode querer aumentar o número de curtir, promover alguma mensagem importante, criar anúncios direcionados para seu site, segmentar sua mensagem para um determinado perfil.

Invista Facebook Ads

Pensar em Marketing no Facebook sem investimento em mídia paga hoje em dia é uma verdadeira utopia.

O alcance orgânico de uma publicação no Facebook está em torno de 3% a 5% da base de fãs da página.  É claro que páginas com EdgeRank alto conseguem atingir mais do que isso, mas o alcance padrão é esse.

Portanto, é preciso investir em Facebook Ads, seja no impulsionamento de campanhas para atingir uma porção maior de fãs ou em ações de marketing específicas através dos anúncios na rede. Uma matéria publicada na agência >Reuters mostrou que cerca de 2,07 bilhões de pessoas usavam seu serviço de anúncios mensalmente até 30 de setembro deste ano.

Mostra assim uma alta de 16 % em relação ao mesmo período do ano anterior. Diferentemente do que esperavam os especialistas. O ideal é ter um profissional já experiente nessas horas te auxiliando ou uma empresa especializada nestas funções.

Custo benefício

O custo por clique médio do Facebook é um dos mais baratos e eficientes quando pensamos em Branding (marca). Além disso, a segmentação é muito boa e quase infinita.

Nele é possível cruzar vários tipos de perfis e anunciar de forma bem específica, aumentando o engajamento e interatividade do seu público.

A publicidade digital proporciona diversos recursos úteis e exclusivos para as empresas, quais vocês estão usando?

 

Monitoramento nas Redes Sociais

Redes Sociais: Como fazer monitoramento eficiente

Dicas importantes de monitoramento nas redes sociais

Talvez você ache que fazer o monitoramento das redes sociais não seja muito importante por achar que elas só são usadas para entretenimento e compartilhamento de imagens e vídeos engraçados, certo?

Errado! Esse cenário já mudou há algum tempo e você precisa, urgentemente, atualizar sua forma de trabalho perante as redes sociais.

As grandes marcas já notaram que as redes sociais são um forte aliado para o engajamento direto com seu cliente, e nossa Fanpage no Facebook é um exemplo, pois é um canal de comunicação aberto e muito mais descontraído.

As Redes Sociais proporcionam um ambiente extremamente favorável para resolver problemas, medir interesses e diversos outros aspectos para promover a sua marca.

Por isso, é muito importante sua empresa estar presente nas redes sociais e fazer o monitoramento de forma eficiente e constante, tanto para medir os resultados, como o comportamento dos usuários. Dessa forma você estará sempre atualizado e com bons dados se precisar melhorar sua estratégia.

A Divulggare pode ajudar a criar ações e estratégias nas redes sociais. Clique aqui para mais informações.

Como faço o monitoramento das Redes Sociais?

Independente das informações que você queira buscar em seu monitoramento, podendo ser a própria marca, produtos, concorrentes ou pesquisa de mercado, é preciso ter em mente um objetivo traçado para fazer esse monitoramento e seguir alguns passos para uma pesquisa de sucesso com resultados consistentes e qualificados.

Defina seus termos de busca

Este é o primeiro passo a ser definido ao criar um monitoramento nas redes sociais. A escolha dos termos varia de acordo com a estratégia da sua pesquisa e é ela que fará o primeiro filtro nos seus resultados.

No caso de uma análise de concorrência, por exemplo, lembre-se de utilizar, além dos nomes dos principais players do seu mercado, as hashtags que eles utilizam e suas contas nas redes sociais. Lembre-se de utilizar aspas no caso de marcas e/ou termos compostos.

Defina suas métricas

Para acompanhar os resultados do seu monitoramento em tempo real ou na periodicidade que você preferir, é importante ficar predefinido algumas perguntas que você queira responder com os dados dos seus relatórios. Aqui vão alguns exemplos:

Qual foi o número de pessoas possivelmente impactadas pelas menções sobre a minha marca nas redes sociais?

Em relação aos usuários, qual a localização com maior número de pessoas comentando sobre a minha marca?

Quem são os usuários que mais falam sobre a minha marca e os que têm maior credibilidade?

Qual é o horário que mais mencionam a minha marca e/ou meus concorrentes nas redes sociais?

Quais são as palavras mais utilizadas pelos usuários ao mencionarem minha marca? E meus concorrentes?

Descobrindo meu público-alvo

O primeiro ponto descobrir seu público-alvo. Infelizmente não dá para abraçar o mundo, então precisamos achar as pessoas que tem interesse em sua marca.

Analise se o seu maior público é maior entre as mulheres ou de homens, qual a faixa etária deles, qual a região de vivem, quais são os interesses e qualquer outra informação que possa ajudar a traçar uma persona.

Como o meu público se comporta?

A escolha das mídias sociais que serão monitoradas é mais um passo importante da criação de um monitoramento.

Não adianta você aplicar toda a sua energia em postagens no instagram, se o seu público está no Linkedin ou no Facebook.

Sabendo a rede social mais eficiente para o seu tipo de negócio, você começa a medir o alcance de formato, os horários que as pessoas estão mais presentes, para que possa traçar uma estratégia mais assertiva. O Sebrae postou em seu site algumas ferramentas que possa te ajudar no monitoramento.

Além da busca pelo feed das redes sociais mais comuns é válido adicionar, por exemplo, as páginas que você ache interessante acompanhar.

Assim é possível visualizar todas as interações públicas de usuários com as marcas. Mais uma opção, é também adicionar grupos, feeds de RSS, entre outras.

Como falar com meu público-alvo?

Quando se fala em conteúdo, muitos acabam ligando a artigos escritos. Mas nas redes sociais o conteúdo também pode ser gráfico ou visual.

Você tem uma série de possibilidades, podendo ser artigo, e-books, vídeos, fotos.

Outra questão é o tipo de linguagem usada, você precisa estar de acordo com a rotina de seu público, fazer testes para descobrir se eles gostam de uma linguagem mais descontraída ou uma linguagem mais formal.

As próprias redes sociais disponibilizam ferramentas de monitoramento cada uma com suas particularidades, sendo assim, cabe a você entender o funcionamento daquela que tiver mais a cara de seu negócio. Além disso, você pode contar com a ajuda de ferramentas de monitoramento de médias sociais que costumam reunir em um só lugar as métricas das contas cadastradas.

Trabalhe com filtros em seu monitoramento

Após criar o seu monitoramento, a utilização de filtros pode ajudar a buscar informações específicas dentro da sua busca. Você pode, por exemplo, filtrar uma data para acompanhar a repercussão de uma campanha realizada pela sua marca ou um dos seus concorrentes.

Ainda nos filtros, é possível buscar informações por palavra-chave, mídias sociais, nome de usuários, entre outros dados.

Utilize tags e categorias

Com a sua pesquisa rodando de forma otimizada, é interessante utilizar tags para categorizar as informações buscadas na sua pesquisa.

Com elas, é possível separar as menções por temas mais comentados pelos usuários, identificar oportunidades de mercado e comparar as informações em seus relatórios. Por exemplo: Reclamação, Atendimento, Produto, etc.

Espero que essas dicas possam te ajudar a fazer um monitoramento de redes sociais com resultados mais precisos e eficientes.

Até breve!

Perfil ou Fanpage no Facebook

Fanpage no Facebook ou perfil? Qual a diferença?

Fanpage ou perfil?

Muitos empresários, ao perceberem a oportunidade de mercado que as redes sociais tem representado nos últimos tempos, tem investido cada vez mais no segmento, criando uma Fanpage no Facebook.

Hoje em dia é muito difícil encontrar alguém que não tenha um perfil no Facebook e essa rede rede de relacionamento é a que mais cresce no mundo!

São mais de 1,8 bilhões de perfis ativos e por esse motivo, os grandes empreendedores estão se relacionando e interagindo com seus milhões de usuários.

Afinal, nada melhor que investir em uma ferramenta de comunicação tão importante para se comunicar nos quatro cantos do mundo e estreitar o relacionamento com clientes sem comprometer o budget da empresa.

Mas, muitas vezes por falta de conhecimento, algumas pessoas usam a rede social de forma errada. A princípio, pode não parecer grande coisa, mas com o passar do tempo algumas contas acabam sendo banidas sem saber por qual motivo.

Por que é importante saber a diferença entre uma Fanpage no Facebook e um Perfil comum?

Um erro clássico entre os usuários do Facebook é criar um perfil comum para uma empresa, quando no certo é criar uma Fanpage no Facebook. Isso jamais deve ser feito, pois um perfil comum não é destinado para o comércio ou para uma organização não governamental.

No perfil não é permitido publicidade e o número de “amigos” é limitado, o que não é interessante para uma empresa.

Por tanto, ao entrar no Facebook, você deve criar um perfil corporativo para sua marca, ou seja, uma Fanpage no Facebook.

Dentro da Fanpage no Facebook é possível criar vários separadores de páginas, com conteúdo personalizado que interage com o seu site e ainda você escolher qual será primeiramente visualizado pelos fãs.

A Fanpage no Facebook também oferece várias ferramentas para empresas, inclusive relatórios de audiência. Você mensura quantas pessoas gostaram do que você divulgou, a porcentagem de homens e mulheres, quantas não gostaram, quantas passaram a curtir a página, quantas (e quando) te abandonaram e outras métricas para ajudar a melhorar sua performance na rede.

Por estas diferenças é que devemos abrir uma conta de acordo com as nossas necessidades. Mas vale ressaltar que mesmo para abrir uma Fanpage no Facebook é necessário abrir uma conta pessoal com os seus dados.

É muito importante que você conheça bem o seu público, para que a sua Fanpage no Facebook tenha o retorno desejado e consequentemente, possa crescer bem e de forma contínua.

Perfil x Fanpage no Facebook
Diferença entre um Perfil e uma Fanpage no Facebook
BACK TO TOP