O Google AdWords é uma plataforma completa
O Google AdWords

O Google AdWords é uma plataforma completa

O Google Adwords é destaque na internet

O Google AdWords é uma plataforma para ser usada em campanhas de links patrocinados. Para uma estratégia de Marketing Digital completa, é muito importante considerar essa ferramenta como canal de aquisição de clientes.

Você provavelmente já fez uma pesquisa no Google e encontrou alguns links em destaque no resultado. Além de ter acessado um blog e ter encontrado um banner, ou até visto nos vídeos no YouTube.

Porém, eles têm algo em comum: todos podem ser criados e gerenciados via Google AdWords.

A seguir, vou ajudar você a criar uma conta e explicar como funciona a plataforma. Com isso você poderá criar anúncios que gerem resultados reais para o seu negócio.

Como funciona o Google AdWords

O Google AdWords funciona como um leilão, onde os anunciantes oferecem dinheiro em troca de cliques. O diferencial é que no AdWords nem sempre a maior oferta ganha.

Ou seja, não basta fazer o pagamento e de forma mágica vou aparecer para todo mundo. O Google combina também alguns fatores de qualidade para classificar a posição dos anúncios com base em seu Ad Rank.

Resumindo, não basta pagar mais. É preciso que seu anúncio seja realmente bom.

Entenda o Ad Rank

De forma simples, o Ad Rank é composto por:

Índice de qualidade (IQ) X Lance (CPC máximo).

Isso quer dizer que, mesmo que os lances dos concorrentes sejam maiores do que o seu, o seu anúncio poderá se destacar caso o índice de qualidade seja superior.

Índice de qualidade

O índice de qualidade é uma avaliação feita pelo Google, gerando uma nota que vai de 1 à 10.

Essa nota, junto com o lance, é o que vai determinar a posição de seu anúncio para a palavra-chave e segmentação definida.

Os componentes do índice de qualidade são:

CTR;

Relevância;

Página de destino.

Criar uma conta no AdWords

Criar uma conta no Google AdWords é bastante simples. Vou mostrar como que faz. Clique em “Comece agora”. Depois digite o email do Google que você quer vincular à conta do AdWords e o seu site.

Ao clicar em “continuar” o Google dará início a uma configuração guiada, dando todos os detalhes que você precisa para criar sua conta no AdWords. Nos próximos passos, você precisará preencher alguns dados e ajustar uma primeira campanha teste (caso queira) para começar a usar o AdWords.

Os passos são:

Sobre sua empresa;

Sua primeira campanha;

Pagamento.

Agora o AdWords faz parte da sua estratégia de marketing. Mãos a obra e tenha resultados.

 

erros em PPC

5 erros em PPC que consomem seu dinheiro

Erros em PPC que você não deve cometer em suas campanhas

Todo bom empresário deve considerar cuidadosamente onde cada um de seus reais serão investidos em suas estratégias de marketing. Nenhum centavo pode ser desperdiçado se você planeja ter retornos na operação do seu negócio.

Acredito que a maioria dos empresários de PMEs comprometidos com sua empresa tenha um Plano de Negócio para direcionar onde seu orçamento de marketing deve ser alocado para obter um melhor retorno do seu investimento.

Infelizmente, a maioria dos empresários brasileiros não tem uma compreensão mais tênue sobre como implementar uma estratégia de marketing digital com sucesso.

Publicidade de Paga-por-Clique (PPC) ou Link Patrocinado é uma das modalidades mais populares para as empresas alavancarem seu marketing online. E por ser mais populares é comum o empresário cometer erro em PPC. Porém quando executado corretamente, é incrivelmente eficaz e tem baixo custo.

Quando criado para a persona que você tenha definida, os anúncios de PPC fornecem recursos de segmentação refinada que favorece direcionar o tráfego mais relevante para seu site.

Muitas dessas pessoas acabarão por se tornar clientes pagantes.

Um erro em PPC que é mais cometido é quando as páginas não está otimizado corretamente, no entanto, essas campanhas podem queimar seu orçamento mais rapidamente do que um incêndio furioso e deixá-lo frustrado, esgotando seus recursos.

Para evitar que cometas erros em PPC, separei cinco armadilhas mais comuns para deixar você ciente do que que é mais recomendado executar.

1. Conteúdo incorreto

Este é o problema mais frequente e mais fácil para evitar erros em PPC na suas campanhas.

Não é segredo que escrever um conteúdo interessante para os seus anúncios é uma tarefa desafiadora. No entanto, é essa área que você deve dominar se deseja gerar resultados significativos com o PPC ou Link Patrocinado.

Elaborar um conteúdo que atende aos requisitos mínimos para indexação das palavras nas buscas, afim de que os usuários cliquem na palavra-chave das buscas parece uma façanha super-humana, mas existem várias práticas recomendadas que podem ajudá-lo a parecer um experte nesta habilidade.

O título do seu anúncio precisa capturar pessoas de imediato, por isso não deixe de colocar suas informações mais importantes e atraentes aqui. Além disso, incorpore a sua palavra-chave ou frase principal, pois este é o coração do que as pessoas procurarão, para que seu anúncio seja exibido.

Os outros campos de seu anúncio devem ser reservados para informações suplementares, como os principais recursos de um produto, os benefícios obtidos com sua oferta, fatores diferenciadores e CTAs como “Comprar agora” ou “Saiba mais“.

Isso sempre requer alguma prática para conseguir fazer direito, mas com uma pesquisa aprofundada e um teste A/B adequado, provavelmente irá contribuir para o sucesso da sua campanha.

2. Menor segmentação de palavras-chave

As palavras-chave que você determina e que deve ser buscada para sua marca são de extrema importância porque é assim que os pesquisadores online encontrarão seus anúncios.

O que a maioria dos anunciantes não consegue reconhecer é que 90% das palavras-chave PPC nunca se convertem. O resultado disso é que seu orçamento aplicado nas frases não produzirão nada em troca.

Para evitar essa catástrofe, classifique suas palavras-chave entre as quais foram executadas por pelo menos 90 dias. Entre as que converteram, classifique as que produziram resultados mínimos e as que não surtiram nenhum resultados e essas você deverá pausar as frases, porque elas se mostraram inúteis.

3. Gastos em correspondência ampla

As plataformas de publicidade de PPC como do Google Adword tem como principal função o uso de termos correspondentes de palvras-chave. Cada tipo de correspondência aciona a exibição do seu anúncio para a pesquisa de um cliente de uma forma diferente. São quatro os tipos de correspondências que acionam seu anúncio: correspondência ampla, modificador de correspondência ampla, frase e correspondência exata.

Esses tipos de correspondência determinam como suas palavras-chave serão acionadas às várias consultas, sendo que cada termos aplicados das categorias acima poderão tornar a busca mais refinada.

Em geral, quanto mais amplo for o tipo de correspondência, maior será o potencial de geração de tráfego da palavra-chave, uma vez que seus anúncios poderão ser acionados com mais frequência. Já um tipo de correspondência mais restrito fará com que os anúncios sejam exibidos com menos frequência. No entanto, a probabilidade deles estarem mais relacionados à pesquisa do usuário é maior.

Quando você entende essas diferenças, fica mais fácil escolher as opções certas, evitará o erros em PPC e otimizará o retorno do seu investimento.

Se você está investindo em termos de correspondência ampla, é mais provável que você esteja jogando dinheiro fora.

A correspondência ampla geralmente pode resultar na exibição de seus anúncios em consultas completamente não relacionadas. Por exemplo, se o seu site vender plantas de casa, pode aparecer para alguém que procura informações sobre como cuidar de plantas de casa que já possuem. Esse usuário não fará nenhuma conversão nessa palavra-chave.

A finalidade da combinação ampla é dirigir o volume. O problema, no entanto, é que uma parte minúscula desse tráfego realmente se converterá. Por isso, seu tempo (e dinheiro) será mais bem investido otimizando a frase e as correspondências exatas.

4. Ignorar extensões de anúncio

As extensões de anúncio são um aspecto fundamental da publicidade de PPC que os comerciantes e os donos de empresas não conseguem implementar e as tornam erros em PPC.

O Google quer tornar a jornada do cliente o mais fácil possível; Por isso, a empresa oferece uma variedade de tipos de extensão sem custo. Nas próprias palavras do Google:

“. . . As extensões adicionam dados empresariais úteis abaixo dos locais de anúncios, links adicionais, preços e muito mais. Por esse motivo, as extensões são recomendadas para quase todos os anunciantes do AdWords usando anúncios de texto na Pesquisa. “

As extensões permitem que os anunciantes ocupem um melhor ranqueamento nos SERPs pelas informações extras, como a divulgação de contato, preços, revisões e outros detalhes que podem ajudar na conversão.

Este aspecto, que empresários costumam cometer com erro em PPC, pode melhorar significativamente o desempenho da sua campanha, portanto, não ignore as extensões dos anúncios.

5. Desmerecer as palavras-chave negativas

Selecionar as palavras-chave corretas é fundamental para o sucesso de uma campanha publicitária. O que é igualmente imperativo, no entanto, é implementar as palavras-chave negativas corretas.

As palavras-chave negativas são essencialmente fundamental para definir limites no seu conjunto de anúncios. Essas palavras refletem pesquisas que você não deseja que seus anúncios de PPC se mostrem. Usando o exemplo das plantas novamente, você pode garantir que seu anúncio no site das casas não apareça para pesquisas do jogo “Plantas vs Zombies”.

Embora esta característica seja muitas vezes ignorada, é uma das ferramentas de otimização de PPC mais poderosas à sua disposição.

É fácil ver como uma campanha de PPC não otimizada pode rapidamente sair fora de controle e fazer seus anúncios despenderem muito dinheiro. Acredito que nenhum empresário apoia isso. Ao se concentrar nesses aspectos muitas vezes negligenciados da publicidade de Link Patrocinado, você pode desenvolver uma campanha que atende anúncios relevantes às perspectivas mais aplicáveis.

Se sua empresa quer evitar os erros em PPC e fazer uma campanha correta tendo um resultado do ROI satisfatório o melhor a fazer é contar com especialistas em campanhas de PPC pois eles tem experiência e dominam as táticas para criar anúncios que convertem. A Divulggare tem mais de 5 anos de experiência em gestão de Adwords. Fale conosco, clique aqui, que podemos implementar uma campanha matadora em sua estratégia de marketing online.

Dicas para métricas de PPC

7 dicas de PPC imperdíveis para Adwords

Não importa o seu nicho, a publicidade de links patrocinados ou pagamento por clique (PPC) sem dúvida nenhuma é uma das principais maneiras de gerar ganhos de grande alcance à sua empresa.

Se a sua marca procura gerar tráfego, downloads, conversões ou aumentar as vendas, a publicidade PPC deve estar em sua estratégia de marketing online como uma tática de gerar lucros.

Os investimentos pelas empresas no marketing online de busca paga começam a atingir um patamar crítico. É imperativo que você entenda como dissecar adequadamente seus anúncios pagos para maximizar os ganhos que sua empresa pode receber.

Com a riqueza de conteúdo online que mostra como medir o sucesso dos links patrocinados, pode ser desafiador decifrar quais métricas são mais impactantes e menos relevantes para os interesses da sua campanha.

Mantenha o foco nas métricas do PPC

Para ajudá-lo a superar o ruído e desenvolver a campanha PPC mais lucrativa possível, aqui estão 7 métricas essenciais para a produção de anúncios pagos altamente efetivos.

1. Impressões

As impressões indicam quantas pessoas viram seu anúncio. Isso ajuda a fornecer uma medida no volume de pesquisa que uma determinada campanha ou palavra-chave recebe.

Isso é vital para determinar quais palavras-chave são prósperas e que estão levando sua campanha de volta.

Por exemplo, se um termo que você está usando, apenas 10 impressões geradas ao longo de um mês, você sabe que é um fracasso. Se você tiver uma palavra-chave diferente que obtenha 1.000 impressões por mês, você provavelmente irá querer otimizar sua campanha em torno desta frase.

2. Custo por clique (CPC)

Seu custo por clique, ou CPC, é o valor médio que sua marca gasta com um único clique para levar ao seu site. Esses dados podem ser analisados ​​em um nível de conta, mas isso provavelmente servirá para um propósito maior ao visualizar o CPC para várias palavras-chave.

Uma boa referência para essas métricas será muito diferente da indústria para a indústria. Por exemplo, em 2017, o termo “fiança” era uma das palavras-chave mais caras, com um CPC médio de aproximadamente US$ 58. A maioria dos termos que você segmentará virá bem abaixo disso, mas esteja ciente de que sua indústria pode ter um impacto considerável nos preços.

Esta métrica revelará, não só, quanto custa para clicar no seu site, mas também fornece aos proprietários de empresas um orçamento estimado para alcançar metas específicas.

PPC depende da qualidade da sua página

3. Click-Through-Rate (CTR)

Enquanto a sua CTR é uma métrica vital para monitorar, esta vem com um pouco de bagagem, pois é encontrada alavancando duas outras métricas.

A primeira são cliques.

Os cliques são essencialmente o objetivo total da publicidade de links patrocinados, para que as pessoas cliquem em algo que você deseja que eles vejam. Os cliques indicam o número de pessoas que clicaram no seu anúncio e aterrissaram no seu site ou página de destino otimizada.

Para obter a sua CTR, pegue a quantidade de cliques gerada pela sua campanha e divida-a pelo número de impressões recebidas. Fazer isso irá fornecer-lhe o número de pessoas que viram seu anúncio e clicaram nele.

Este número indica a qualidade do seu anúncio ou palavras-chave específicas. Se você tiver uma CTR baixa, pode ser devido a um conteúdo fraco ou palavras-chave irrelevantes. Conduzir um pouco de teste A/B pode ajudá-lo a determinar o elemento com desempenho inferior.

4. Conversões

As conversões são o resultado que você pretende que um usuário tome. Dependendo dos objetivos que você estabeleceu no Google Analytics, isso pode gerar uma ligação telefônica, obter um download, adquirir um endereço de e-mail, dirigir uma venda ou qualquer outro objetivo.

Embora este número seja vital para monitorar e medir, pois indica quantas pessoas estão tomando a ação desejada, ele conta uma história muito maior (e mais informativa) ao analisar as taxas de conversão.

5. Taxa de conversão

Sua taxa de conversão é o número de conversões recebidas pela sua campanha, dividida pelo número de cliques gerados. O resultado é a porcentagem de indivíduos que clicaram no seu anúncio e procederam a converter.

Este número indica o quão bem otimizado é a sua campanha ou página de destino. Se as pessoas estiverem clicando em seu site, mas, acabam saindo com rapidez, você pode estar direcionando palavras-chave irrelevantes. Se os usuários aterrissem no seu site, fique por um bom tempo e, em seguida sai da página, o direcionamento para o ato de conversão, que é o objetivo de sua campanha, podem não estar bem elaborados e requer uma atenção.

Olhe para onde e quando você está perdendo seus potenciais clientes, pois isso lhe dará uma indicação de onde você deve melhorar sua campanha.

6. Custo por conversão

Não importa a definição da sua empresa sobre o que é uma conversão (com base no seu objetivo), esta métrica informa o quanto custa para obter cada conversão.

Para determinar o seu custo por conversão, divida o número de conversões geradas pela sua campanha pelo montante gasto em dinheiro.

Embora muitos considerem que esta é a métrica mais importante para monitorar durante uma campanha de PPC, há uma (dependendo do seu objetivo) que sempre triunfa em todos os outros.

Sua campanha de PPC deve gerar resultados

Todo empresário quer ter lucro em suas ações de Marketing Digital. Saber o quanto seu investimento gerou lucro é fundamental para qualquer campanha.

7. Retorno sobre Investimento

Para determinar o retorno real do investimento (ROI) da sua campanha, é necessário que você possa acompanhar uma vantagem de um clique para concluir a venda. Além disso, você quer medir a quantidade de receita que você ganhou por liderança.

Embora isso possa parecer complexo e assustador, é bastante simples na prática.

Para rastrear os consumidores durante toda a sua jornada, você precisará de um bom sistema de gerenciamento de relacionamento com o cliente, como o RD Station ou o HubSpot . Muitos sistemas de automação de marketing como esses se integram com quase todas as plataformas de PPC. Isso permite que você determine qual campanha trouxe um cliente para você.

Para estabelecer o ROI da sua campanha, basta comparar os dados de vendas com o valor gasto.

Executar campanha de publicidade de PPC é uma tarefa bem complexa recheada de  muitos erros e acertos.

Alcançar os resultados que seu negócio almeja é fundamental um entendimento profundo sobre as métricas mais importantes a serem monitoradas, de como elas funcionam juntas e muita mão na massa.

Comece a obter alguma experiência de links patrocinados criando anúncios convincentes, evitando as armadilhas de links patrocinados mais comuns e buscando continuamente melhorar cada uma das métricas acima e você pode se tornar um especialista em PPC em algum momento.

Se você precisa de agilidade e a garantia de um retorno em suas campanhas de links patrocinados contrate uma agência especializada em Marketing Digital. Na Divulggare realizamos várias campanhas de PPC para clientes com foco nas métricas que irão gerar uma melhor ROI para nosso cliente. Fale com nosso consultor, clique aqui e peça uma avaliação grátis.

BACK TO TOP