Lista de e-mails antiga; Como recuperar

lista de e-mails antiga

Lista de e-mails antiga também é valiosa

Você com certeza tem um banco de dados com uma lista de e-mails antiga e que não usa há muito tempo. Já parou para pensar o quanto a sua base de leads e clientes é valiosa?

Quando temos uma lista muito antiga que não enviamos e-mails há algum tempo, é importante tentar minimizar ao máximo os cancelamentos logo no primeiro envio.

Importância de uma lista de e-mails saudável

Essa base de dados é composta por quem tem ou já teve algum interesse ou relacionamento com a sua marca, ou seja, ela é cheia de potenciais consumidores. Por isso saber usá-la de maneira estratégica e assertiva faz com que o negócio cresça de forma escalável e com sustentabilidade.

Mas não adianta ter uma base de 500 mil pessoas só por ter. É necessário limpar essa lista de e-mail antiga, retirando os e-mails inválidos e pessoas que não se interessam mais pela sua marca. Por isso é importante um bom planejamento para alimentá-la com conteúdo útil, personalizado e eficaz. Não se preocupe se sua lista diminuir 95%. O importante é ter em sua lista de e-mails antiga pessoas que se interessam e interagem com sua marca.

Porque não devemos recuperar uma determinada lista de e-mails antiga?

Uma lista sem atividade recente certamente apresentará problemas como erros de e-mails por não existirem mais, descadastramento de leads e e-mails com bounce. Isso porque ao longo do as pessoas perdem o interesse em sua marca. E por mais ofertas que você faça nada os vai demover de cancelar a inscrição.

Não tente recuperar uma lista se sua lista de e-mails antiga for comprada, de um projeto que já não existe há algum tempo e por isso sem atividade ou importar contatos misturando inscritos e cancelados de uma qualquer lista. Isso pode implicar em SPAM e seu domínio pode ser colocado em lista negra.

Como preparar uma lista para recomeçar a enviar e-mails

Recuperar uma lista de e-mails requer alguma paciência e cuidado. Limpar a lista é fundamental para conseguirmos separar os maus dos bons assinantes. Existem endereços de e-mail que provavelmente já não estão ativos ou foram substituídos por outros, alguns poderão estar a devolver e-mails por várias razões e outros poderão já nem se lembrar que se tinham inscrito na lista.

Todas essas condicionantes prejudicam os envios e fazem soar os alertas dos principais serviços de e-mail marketing, portanto se conseguirmos livrar-nos deles será benéfico para nós no futuro. Isso consegue-se através de serviços externos de limpeza de listas, ou mesmo através do próprio serviço de e-mail marketing que escolheu.

Como começar a trabalhar com a lista de e-mails antiga

Comece reintroduzindo o lead para sua base com uma apresentação informal. Este deverá ser o primeiro e-mail que deve enviar antes de começar bombardeando seus assinantes com conteúdos, produtos ou serviços. Crie um e-mail de apresentação do projeto ou de você mesmo, explicando que está retomando o contato e que a partir de agora irá reintroduzir novos conteúdos, produtos ou qualquer outra coisa.

Não se esqueça de deixar claro os motivos de o assinante estar inscrito na sua lista (ex. Você está inscrito em nossa newsletter porque se interessou por um produto ou serviços de nossa empresa). Isso é importante para ele lembrar que um dia teve interesse em sua marca.

Identifique o fator crítico do seu sucesso

Crie campanhas baseadas em segmentações assertivas para recuperar uma base inativa. Separe o todo em pequenos grupos, de acordo com perfis e interesses, e teste muito até conseguir olhar para as métricas e ver o que dá mais resultado.

Pode ser que no início você não consiga criar segmentações tão eficaz, mas comece por algum lugar.

O estado ideal nunca será alcançado sem um início “antes feito que perfeito”. Então está na hora de repensar alguns pontos:

  • Por que os seus contatos não estão se engajando com a sua marca?
  • O que faço para que essa interação seja maior?
  • Qual tipo de segmentação faço?
  • E qual conteúdo tem sido produzido?

Levar tudo isso em consideração vai ser essencial para conseguir recuperar a sua base inativa otimizando os investimentos.

Planeje sua campanha para recuperar sua lista de e-mails antiga

Comece sua estratégia analisando o quanto é preciso mostrar para essa lista de e-mail antiga que sua marca se importa com cada uma delas e o quanto a falta de cada uma é sentida.

Se conseguir se comunicar levando isso em conta, você vai surpreender positivamente quem não interage com você há um tempo. A sua missão é reconquistar!

Mostre que sente saudades com uma mensagem que fale a língua da audiência?

Faça uma lista personalizada, de acordo com os interesses prévios do lead, para sugerir produtos de interesse.

Ofereça algum presente ou benefício exclusivo para quem faz parte da sua base inativa.

Envie conteúdo que possa trazer novos aprendizados em temas relevantes para o público escolhido.

Crie um bom relacionamento com seus Leads

Na hora de tentar recuperar a sua base inativa, lembre-se que não adianta você querer empurrar promoções “guela abaixo” do usuário. É importante perceber que forçando as pessoas a aceitar algo que elas não querem ou não se recordam poderá ter impacto negativo nos seus esforços futuros. Não abdique nunca da qualidade em virtude da quantidade.

Preocupe-se em criar um conteúdo eficiente para o público que faz parte da sua lista e que não andam interagindo com nada.

Busque um relacionamento de qualidade, mesmo que eles sejam pontuais.

Isso significa falar com o consumidor só quando realmente acredita que pode contribuir de alguma forma. Combinado?

Não é preciso ser um expert para ver o que dá bom e mau resultado, basta apenas um pouco de bom senso e ética.