5 ótimas tendências de SEO para 2022

Divulggare

5 ótimas tendências de SEO para 2022

Se você deseja conquistar tráfego orgânico, precisa estar ciente a respeito das tendências de SEO para 2022.

Inclusive, as empresas que trabalham com veiculação de conteúdos no ambiente digital tem que acompanhar as atualizações do Google sobre as estratégias de SEO.

Dessa forma, as equipes dedicadas ao marketing digital vão estar sempre preparadas para conquistar mais público e adequar as campanhas criadas.

Sendo assim, preparamos o texto que vem a seguir para mostrar o que você deve fazer para chegar à primeira página dos motores de busca, conforme as atualizações dos algoritmos e motores de busca e as tendências que se desenham para os próximos anos.

Prossiga a leitura e conheça as principais tendências de SEO para alavancar as estratégias de marketing da sua empresa e ter mais relevância na internet.

As tendências atuais para SEO

Os algoritmos criados para avaliar a relevância dos resultados do Google mudam continuamente desde a origem deles.

O ano de 2022 vem com uma série de novos elementos e ferramentas que devem ser levados em conta para obter um bom ranqueamento.

Leia os tópicos que vem a seguir e conheça as 5 tendências atuais para os mecanismos de SEO.

  1. Core Web Vitals

É o nome da atualização nos algoritmos do Google que inclui três métricas novas focadas na qualidade da experiência dos usuários.

Trata-se da velocidade de carregamento da página, a interatividade dela e a estabilidade visual.

De acordo com uma pesquisa publicada pela revista Exame, o Core Web Vitals vai diminuir o ranqueamento de 98% dos sites profissionais brasileiros.

Então, atente-se a essa tendência para adequar as estratégias de Inbound Marketing a ela.

  1. Princípio EAT

Esse acrônimo identifica os três aspectos mais essenciais para um conteúdo ranquear no Google: especialização, autoridade e confiabilidade (do inglês “trustiness”).

Os algoritmos das plataformas de busca valorizam conteúdos mais específicos em detrimento de materiais mais generalistas.

Além disso, um conteúdo segmentado para uma audiência pré-determinada tem mais chances de ser encontrado e consumido do que um Marketing de Conteúdo pouco especializado.

A autoridade é medida a partir da quantidade de acessos e de backlinks que uma certa página recebe.

Por fim, a confiabilidade se baseia na qualidade do material produzido, ou seja, no impacto dele na vida das pessoas.

  1. Imagens otimizadas

Hoje em dia, as imagens são fontes muito importantes de tráfego orgânico, por isso é importante que esteja adequada e bem categorizada. 

Para isso, você pode otimizar as imagens criando nomes de arquivos com palavras-chaves e adicionando descrições e textos alternativos.

O Google rastreia esses elementos na hora de determinar a relevância de um resultado.

Portanto, não deixe de utilizar recursos visuais no seu blog ou site e otimize-os de acordo com as diretrizes do buscador para que haja uma boa leitura tanto dos usuários, quanto para o algoritmo e até para ações de acessibilidade.

  1. Pesquisas por voz

Os métodos que os consumidores usam para encontrar novos produtos estão cada dia mais avançados.

Além dos canais já tradicionais, como as campanhas de Twitter Ads e demais plataformas de anúncios, há as pesquisas por voz.

Dispositivos como a Alexa e a Siri estão presentes no dia a dia das pessoas. Em geral, são usados para fazer pesquisas de uma forma mais rápida do que por texto.

Conheça alguns pontos fundamentais para a otimização para pesquisas por voz:

  • Velocidade de carregamento;
  • Engajamento alto nas redes sociais;
  • Certificado de segurança SSL;
  • Texto com 2.300 palavras, em média.

De acordo com artigo publicado pelo SEMRush, em 2015 havia 1,7 milhões de dispositivos guiados por voz disponíveis.

Em 2018, esse número deu um salto impressionante para 25 milhões de dispositivos. Então, observe que ferramentas desse tipo estão cada vez mais consolidadas no mercado.

Os sites que estiverem preparados para elas vão ganhar mais acessos e, como consequência, mais conversões.

  1. Intenção de busca

A partir de 2022 o Google vai passar a mostrar resultados diferentes para uma mesma palavra-chave.

Essa tendência caminha lado a lado com a importância de se produzir conteúdo mais especializado.

Com o novo foco mais aprofundado na intenção de busca dos usuários, os materiais muito genéricos vão perder cada vez mais espaço.

Os sites que se dedicam a disponibilizar conteúdo segmentado, por outro lado, vão ganhar uma grande vantagem.

Considerações finais

As práticas de SEO fazem parte da realidade do marketing digital há várias décadas. As mudanças vêm para sofisticar ainda mais os algoritmos e, com isso, proporcionar experiências melhores aos usuários.

Cabe às empresas se manterem atualizadas a respeito das atualizações e fazer as alterações necessárias na produção de conteúdo.

O público digital é heterogêneo e bastante mutável. Assim, é preciso acompanhá-lo da melhor forma possível.